terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Mais Um Dia

[Retrato de Dr. Gachet (1890) - Van Gogh]



MAIS UM DIA


A página em branco
E o pó circundante
Dizem-me algo
Mas ensurdeço
E como Édipo
Arranco os olhos
E continuo a viver.


Achei meu livro ruim
Rasguei-o junto ao coração selvagem
Como alguém que retira as próprias tripas
E as joga aos leões
É preciso erguer-se depois das cinzas
Criar asas – esse e o meu pensamento
E nada mais importa.


Fecho a porta e desço para a cidade
As ruas completas de caras e olhos sombrios
E estou sombrio e caminho sombrio
Nenhum barco atravessará a correnteza
E nenhuma bebida dará clareza ou ânimo
Ainda penso sobre poemas e Oppenheimer
Enquanto o sol avança para o mar
Fecho os olhos para sonhar outra vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário