domingo, 25 de abril de 2010

Poema - Ausência

Foto por Emely Leoni


Tu ficaste ausente
E na tua ausência
Nada ocorreu
As coisas
Não aconteceram

Não houve o café
Ninguém sentou a mesa
Para conversar
Ninguém abriu a porta da sala
Para as visitas
Tudo ficou silencioso e mudo

Os móveis ficaram
Cobertos de pó e solidão
Os tapetes se recolheram
As flores deitaram mais cedo
E o livro aberto na escrivaninha
Ficou por ler

Não existiram passos no corredor
Nem riso nem choro
Tudo ficou ausente e suspenso
Calado e retraído

A noite não se fez
Ficou vazia e caída
As tardes não aconteceram
Foram apagadas ou riscadas
A madrugada ficou por fazer
Como teias inacabadas das aranhas


Alex Zigar

6 comentários:

  1. É uma imensa satisfação ver que você postou esse poema, pois é um dos que eu mais gostei seu ...claro dos que tive o prazer de ler..porque não foi tantos assim ...espero que com esse blog tenha mais oportunidade ....

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que poema maravilhoso Alex.
    Você, compartilhando estes conosco nos faz um bem e nos traz calma para os olhos e mentes que são obrigados a ler coisas tão sem sentido nos dias de hoje. Ler estas palavras nos faz viajar pro fundo de nossos sentimentos, nos colocar no lugar de quem as escreveu, no lugar de quem as sentiu.
    Meu preferido.

    ResponderExcluir
  3. Daise, a satisfação é minha em ver seus comentários aqui. Este poema foi muito elogiado pela Carol. Fico feliz que você também tenha gostado. E, sem dúvida, haverá outros poemas aqui, se tiver, é claro, leitores como você para lê-los. Mais uma vez obrigado!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Karen, obrigado pelas palavras. Este blog só está sendo possível graças a pessoas como você. E fico contente que tenha apreciado o poema. Obrigado por estar participando e incentivando sempre!

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. vou seguir este cantinho... tanta coisa boa por aqui...

    ResponderExcluir
  6. Sonia, é um prazer receber sua visita! Muito obrigado pelo carinho... Fique a vontade para rabiscar qualquer página destoante deste pequeno espaço.... Achei seu blog também muito interessante. Há muita coisa boa nele.

    Abraços

    ResponderExcluir